Project Description

Otorrinolaringologia

É a especialidade médico-cirúrgica que lida com os distúrbios do nariz, garganta e ouvidos. É da competência do médico otorrinolaringologista diagnosticar e tratar doenças como sinusite, otite, disfonia (alterações da voz), perfuração do tímpano, vertigem, tumores da cabeça e pescoço, etc. São ainda responsáveis por várias intervenções cirúrgicas pediátricas (como amigdalectomia, adenoidectomia, etc.).

Que a sua voz seja ouvida…

Professores, políticos, comerciantes, locutores de radio, advogados e recepcionistas, representam grupos de pessoas para as quais a comunicação falada representa uma parte essencial da sua vida profissional. Embora estejamos em plena era da internet e correio electrónico, continua a ser impensável uma sala de aula, uma campanha eleitoral ou uma audiência no tribunal, sem o uso da voz. Se pararmos para imaginar um mundo sem comunicação vocal, chegamos à conclusão que a voz é crucial para as nossas profissões e acima de tudo para a nossa vida no dia a dia.

  • Beba muita água

    A hidratação oral ajuda a manter as secreções finas e fluidas, assim hidratando melhor as cordas vocais. A água é boa para a sua voz. – Tente evitar gritar ou berrar, já que estas são práticas abusivas que causam tensão exagerada nas cordas vocais. – Faça um aquecimento das suas cordas vocais antes de um uso exagerado. Isto pode ser conseguido alternando sons graves e agudos, antes do esforço vocal. – Use um boa reserva respiratória. A ventilação é a base da força da voz. Deve-se inspirar fundo tranquilamente antes de começar a falar e deve-se inspirar novamente antes de ficar quase sem reserva expiratória. – Sempre que previr que vai fazer grande uso da sua voz por exemplo durante uma apresentação ou um discurso, use um microfone. – Ouça a sua voz quando ela se queixa. Se está com alterações da voz, deve inicialmente tentar repousar a sua voz. Se estas alterações são frequentes ou se estão presentes há algum tempo, deve procurar a avaliação de um Médico Otorrinolaringologista .

  • Cancro da laringe

    O tabaco é o principal factor que faz de Portugal o terceiro país da Europa com maior incidência do cancro da laringe. Anualmente surgem em Portugal cerca de 1.000 casos e morrem mais de 400 pessoas com esta doença, que afecta mais homens do que mulheres. Os problemas da voz podem ter várias origens, mas a principal causa é o tabaco. Salientando-se que o problema tabágico associado ao alcoolismo aumenta exponencialmente os problemas da voz. Outros factores de risco para cancro da laringe incluem a infecção pelo vírus do papiloma humano (HPV) e o refluxo gastro-laríngeo. Sinais e sintomas frequentes: Alterações da voz persistentes ou progressivas; dores de garganta ou ao engolir, persistentes; dificuldade em respirar; dor nos ouvidos e massa(s) palpáveis ao nível do pescoço. Qualquer pessoa com estes sinais ou sintomas deve ser avaliado por otorrinolaringologista, especialmente se tiver factores de risco.

  Médicos Especialistas

  Horário para marcações

Segunda a Sexta 8:00 – 23:00
Sábado 8:00 – 23:00
Domingo 9:00 – 16:00

  +351 281 380 660

  ONDE NOS ENCONTRAR

Marque uma consulta

Ao seu dispor uma equipa de excelência para garantir o seu bem-estar sempre com rigor para cuidar do bem mais precioso: a sua saúde.